Buscar
  • Albertina Camilo

Mais amor, menos ódio. Campanha quer dar um basta à violência contra as mulheres em Joinville


Ana Rita (à esq.) e Claudio Aragão (à dir.) acompanham lançamento da campanha, no Senai Sul

Crédito: Rogerio da Silva / Secom Joinville

Ações em conjunto com os diversos setores da cidade para mudar a atual realidade de violência contra as mulheres em Joinville e região. Esta é a proposta da campanha “Chega de violência contra a mulher, mais amor, menos ódio, o dia é nosso, mas a mensagem é para todos!”.

A iniciativa foi lançada no dia 21 de fevereiro pelo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM) e pela Secretaria de Assistência Social (SAS) da Prefeitura, durante evento com a participação de diversas entidades no auditório do Senai Sul.

A campanha está prevista para ocorrer durante todo o ano de 2019, e somente com o apoio e a participação ativa das diversas forças da cidade as mudanças têm chances de acontecer, destacaram os organizadores.

“A Câmara de Vereadores de Joinville estará junto nessas ações”, afirmou a vereadora Ana Rita Negrini Hermes (PROS), vice-presidente da Casa, que participou do evento de lançamento junto com o presidente Claudio Aragão.

Não apenas em março

A campanha quer marcar o Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março, mas não se limitará a esta data. Uma série de ações está prevista para ocorrer até o final do mês, e a ideia é prosseguir com o trabalho de conscientização durante todo o ano.

Para março já tem programação definida para os dias 7, 8 e 13. Também está confirmado o 1º Seminário de Mulheres da Região Norte de Santa Catarina, que será realizado no dia 28/3, das 18 às 22 horas, no Teatro Juarez Machado.

Responsabilidade social

“É importante que todos os atores da comunidade, empresas, escolas, associações e organizações se envolvam (na campanha). É uma responsabilidade social levarmos esta mensagem a todos os espaços para a construção de uma cultura de paz e de não violência”, pediu a coordenadora de Políticas Públicas para as Mulheres da Secretaria de Assistência Social, Ana Aparecida Pereira, durante a apresentação da campanha.

“Precisa ficar cada vez mais evidente para as mulheres que elas podem denunciar, e para os homens que existem a proteção e que a sociedade está alerta. Por isso, desejamos que a divulgação se multiplique e que as pessoas abracem a campanha”, ressaltou.

Como denunciar

A proposta, segundo a coordenadora de Políticas Públicas para as Mulheres da Secretaria de Assistência Social, Ana Aparecida Pereira, é a campanha estar presente em todos os lugares de circulação de público da cidade, como escolas, empresas, associações e entidades em geral.

Além de informações sobre a gravidade da violência praticada contra as mulheres, os materiais de divulgação vão destacar os canais de denúncia: o 181 do Disque Denúncia, o 181 da Polícia Civil e o 190 da Polícia Militar.

Números assustadores

A situação é preocupante e precisa da união da sociedade para que haja mudanças. Os números não deixam dúvidas sobre isso. Santa Catarina ocupa o 5º lugar no ranking de violência contra a mulher no Brasil, com destaque também negativo para Joinville, onde mais de três mil mulheres sofreram agressões e quatro foram vítimas de feminicídio no ano passado.

No Brasil, a cada três minutos uma mulher sofre violência física e a cada duas horas, uma mulher é morta. Somente na primeira semana deste ano, houve 21 feminicídios no País.

A delegada da Delegacia de Proteção à Mulher, à Criança, ao Adolescente e ao Idoso de Joinville, Geórgia Bastos, afirma que é preciso que esse tipo de registro deixe de ser mais uma estatística e se construa uma política pública que consiga reverter a situação. Para a vereadora Ana Rita Negrini Hermes, o trabalho de conscientização deve começar pela base, com as crianças.

Atenção! Como participar:

Empresas, instituições, entidades de classe, movimentos sociais, igrejas, comércios, municípios, conselhos, sindicatos, associações diversas, e demais setores da sociedade que desejarem participar da campanha e divulgar o material com sua logomarca, favor entrar em contato com Weslley/Secretaria de Comunicação da Prefeitura nos contatos abaixo:

E-mail: weslleyknies35@gmail.com

WhatsApp: 99989-2583

#anaritavereadora #mulher #nãoviolência #campanha

11 visualizações

NOSSA MISSÃO

LINKS

Como vereadora eleita pela causa animal, minha missão é garantir que os direitos animais e os direitos humanos sejam respeitados, sem que um se sobreponha ao outro.

 

E, desta forma, promover e incentivar uma sociedade mais justa para todos, ecologicamente equilibrada e que respeite todas as formas de vida.

Home

Biografia

Atuação

Blog

Contato

FALE CONOSCO

Câmara de Vereadores de Joinville

Av. Hermann August Lepper, 1.100

Joinville - Santa Catarina

Gabinete

(47) 2101-3211

(47) 2101-3206