Buscar
  • Albertina Camilo

Lei que autoriza castração gratuita de todos os cães e gatos de Joinville passa a valer no dia 18 de


O prefeito Udo Döhler assinou o decreto 33.489, que regulamenta o procedimento de controle populacional de cães e gatos em Joinville e passa a valer no dia 18 de fevereiro próximo.

Isso significa que todos os tutores de Joinville, e não somente aqueles com renda inferior a três salários mínimos, terão, a partir desta data, a possibilidade de solicitar a castração gratuita de seus animais por meio do programa desenvolvido pela Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente (Sama).

Em torno de 25 animais devem ser beneficiados mensalmente pela nova legislação, mas os tutores devem atender a uma série de requisitos definidos pelo decreto, como ter todas as vacinas de seu cão ou gato em dia.

5% do total

Pelo texto assinado e publicado no Diário Oficial do Município no dia 8 de fevereiro, “o Programa de Controle Populacional de Cães e Gatos, previsto na Lei Complementar nº 360, de 19 de dezembro de 2011, e regulamentado pelo Decreto nº 26.024, de 26 de novembro de 2015, disponibilizará 5% do total de Termos de Autorização para esterilização de animal de forma gratuita, aos munícipes interessados, que não se encaixam nas prioridades mencionadas no art. 19, da Lei Complementar nº 360, de 19 de dezembro de 2011, com a redação alterada pela Lei Complementar nº 509, de 22 de agosto de 2018”.

Anualmente, o programa de castração administrado pela Secretaria de Meio Ambiente contempla até seis mil cirurgias de castração. De acordo com esse número, serão disponibilizados cerca de 25 termos de autorização mensais para que tutores até então fora do alcance do serviço oferecido pela Sama também possam castrar seus animais gratuitamente.

Projeto de Ana Rita

Esse benefício só foi possível com a aprovação em 2018, pela Câmara de Vereadores de Joinville, da Lei Complementar 509, de autoria da vereadora Ana Rita Negrini Hermes (PROS), universalizando a castração de cães e gatos em Joinville. O texto foi sancionado em agosto de 2018 pelo prefeito Udo Döhler, mas faltava a regulamentação, que foi concluída pela Sama neste mês.

A LC 509 alterou o artigo 19 da lei complementar 360/2011, que dispõe sobre o controle populacional de cães e gatos, e estendeu o direito a todos os tutores de castrar gratuitamente seus animais por meio de programa da Sama.

O texto determina também que o programa de castração continuará priorizando os cães e gatos de rua, os tutelados pelas ONGs atuantes no município e de munícipes em vulnerabilidade social inscritos em cadastro único da Secretaria de Assistência Social.

Saúde pública

A vereadora Ana Rita destaca que a nova legislação finalmente corrige uma falha na lei complementar 360/2011, que instituiu o Programa de Proteção Animal em Joinville, pois autoriza o Poder Executivo a estender o benefício também para as pessoas com renda superior a três salários mínimos.

“É um passo na solução dos problemas de abandono e maus-tratos de animais, que são questões que também afetam a saúde pública”, afirma.

Como se inscrever

Para a inscrição no Programa de Controle Populacional de Cães e Gatos do município, o tutor deve ir até a Sama ou fazê-la pelo site https://meioambiente.joinville.sc.gov.br/, com o preenchimento do "Termo de Autorização de Esterilização Cirúrgica - Não Prioritária".

Confira a íntegra do decreto nº 33.489:

Regulamenta o procedimento de controle populacional de cães e gatos, disposto no art. 19, da Lei Complementar nº 360, de 19 de dezembro de 2011, alterado pela Lei Complementar nº 509, de 22 de agosto de 2018, em conformidade com as regulamentações do Decreto nº 26.024, de 26 de novembro de 2015.

O Prefeito de Joinville, no exercício de suas atribuições, em conformidade com o disposto no art. 68, inciso IX, da Lei Orgânica do Município de Joinville, e com o art. 2º, da Lei Complementar nº 509, de 22 de agosto de 2018, DECRETA:

Art. 1º - O Programa de Controle Populacional de Cães e Gatos, previsto na Lei Complementar nº 360, de 19 de dezembro de 2011, e regulamentado pelo Decreto nº 26.024, de 26 de novembro de 2015, disponibilizará 5% (cinco por cento) do total de Termos de Autorização para esterilização de animal de forma gratuita, aos munícipes interessados, que não se encaixam nas prioridades mencionadas no art. 19, da Lei Complementar nº360, de 19 de dezembro de 2011, com a redação alterada pela Lei Complementar nº 509, de 22 de agosto de 2018.

Art. 2º - As inscrições gratuitas no Programa de Controle Populacional de Cães e Gatos, da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, ocorrerão conforme a disponibilidade de vagas, bem como de acordo com a capacidade de execução dos serviços por parte das Clínicas e/ou Hospitais Veterinários credenciados.

Art. 3º - Para efetuar a inscrição no Programa, o tutor responsável pelo animal deverá comparecer à Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, ou poderá realizar a inscrição diretamente pelo sítio eletrônico https://meioambiente.joinville.sc.gov.br/, sendo que a inscrição se dará por meio do preenchimento do "Termo de Autorização de Esterilização Cirúrgica - Não Prioritária".

§ 1º No momento da inscrição, o tutor responsável pelo animal deverá registrar seus dados pessoais e apresentar um atestado de saúde, emitido por médico veterinário habilitado, com data não superior a 15 (quinze) dias, atestando a plena saúde do animal e sua aptidão para a realização do procedimento de esterilização gratuita.

§ 2º O atestado de saúde deverá conter o nome do animal, suas características físicas (cor, pelagem, sexo e porte) e o número do microchip implantado, caso já possua.

§ 3º Ao atestado de saúde deverá ser anexada a carteirinha de vacinação com o registro das aplicações vacinais regulares e a comprovação da vermifugação do animal atualizados.

§ 4º O não cumprimento de todas as determinações deste artigo, tornarão o animal inapto a se submeter à esterilização gratuita.

Art. 4º - A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente homologará as informações apresentadas no ato de inscrição ou encaminhará o comprovante de homologação por e-mail. Após essa homologação, o tutor responsável deverá realizar o agendamento diretamente com as Clínicas e/ou Hospitais Veterinários credenciados, para executar os serviços.

§ 1º Ultrapassado o prazo de 60 (sessenta) dias da homologação de que trata o presente artigo, sem que tenha ocorrido o agendamento com a Clínica/Hospital credenciado, o processo será invalidado e o interessado deverá efetuar nova inscrição no Programa de Controle Populacional.

§ 2º Depois de realizado os serviços de esterilização/castração cirúrgica, a Clínica responsável pelos procedimentos cirúrgicos deverá proceder a atualização de um sistema a ser informado pela Prefeitura, o qual cientificará a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente sobre a execução dos serviços, encaminhando a Nota Fiscal para finalização do processo.

§ 3º A relação atualizada das Clínicas e/ou Hospitais Veterinários credenciados será fornecida pela Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, por meio do sítio eletrônico ou diretamente na sede da Secretaria.

Art. 5º - É de responsabilidade exclusiva do tutor, o transporte do animal à Clínica de esterilização, bem como fica às suas expensas os custos pelas medicações e cuidados pós-cirúrgicos que forem prescritos pelo médico veterinário.

Parágrafo único. As informações prestadas pelo tutor do animal, no "Termo de Autorização de Esterilização Cirúrgica - Não Prioritária" estarão sujeitas à fiscalização e, eventuais falsidades, serão punidas na forma da Lei.

Art. 6º - Este Decreto entra em vigor em 18 de fevereiro de 2019.

Udo Döhler

Prefeito

Documento assinado eletronicamente por Udo Dohler, Prefeito, em 08/02/2019, às 14:32, conforme a Medida Provisória nº 2.200-2, de 24/08/2001, Decreto Federal nº 8.539, de 08/10/2015 e o Decreto Municipal nº21.863, de 30/01/2014.

A autenticidade do documento pode ser conferida no site https://portalsei.joinville.sc.gov.br/informando o código verificador 3165176 e o código CRC 6624133B.

Diário Oficial Eletrônico do Município de Joinville nº 1119

Disponibilização: 08/02/2019

Publicação: 08/02/2019

Data de Inserção no Sistema LeisMunicipais: 11/02/2019

Nota: Este texto disponibilizado não substitui o original publicado em Diário Oficial.

#universalizaçãodascastrações #castração #anaritavereadora

37 visualizações

NOSSA MISSÃO

LINKS

Como vereadora eleita pela causa animal, minha missão é garantir que os direitos animais e os direitos humanos sejam respeitados, sem que um se sobreponha ao outro.

 

E, desta forma, promover e incentivar uma sociedade mais justa para todos, ecologicamente equilibrada e que respeite todas as formas de vida.

Home

Biografia

Atuação

Blog

Contato

FALE CONOSCO

Câmara de Vereadores de Joinville

Av. Hermann August Lepper, 1.100

Joinville - Santa Catarina

Gabinete

(47) 2101-3211

(47) 2101-3206